Cesta básica de Caruaru tem queda de -5% em julho

29 de agosto de 2017 0 Por blogem
Foto ilustrativa
Seguindo a metodologia do
Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos),
alunos dos cursos de Ciências Contábeis e Gestão Financeira do Centro
Universitário Vale do Ipojuca Devry|Unifavip, fizeram um levantamento do custo
da cesta básica caruaruense, no mês de julho de 2017. Segundo a pesquisa, R$
267,17 é o valor da cesta básica na cidade. Uma queda de 2,33% em relação ao
mês anterior, que era entorno de R$280,54.
Considerando o gasto médio
mensal dos componentes básicos da cesta, os itens que apresentaram maiores
pesos foram a carne (20,75%), o pão (15,24%), os legumes (14,74%) e a banana
(12,33%). Para comprar a quantidade necessária de carne para todo o mês, o
caruaruense precisou desembolsar em média R$55,43. Para os outros itens que
mais pesaram na cesta, o valor gasto foi, em média, de: R$ 39,39 para os
legumes, R$ 40,72 para o pão, e R$ 32,94 para a banana.
Em julho, o preço dos
gêneros alimentícios essenciais se mostrou oscilante em todas as capitais do
país onde o Dieese realizou a pesquisa. Em 14 capitais houve queda e nas
demais, foi registrado alta. As maiores quedas foram verificadas nas seguintes
capitais: Recife (-3,26% – R$ 361,65), Boa Vista (-3,06% – 372,23), João Pessoa
(-2,26% – R$ 361,41) e Fortaleza (-1,91% – R$ 400,67). Já as altas mais
expressivas, ocorreram em Belo Horizonte (2,35% – 383,69), Poro Alegre (2,23% –
453,56), Salvador (2,02% – R$ 357,28) e Palmas (1,81% – 369,41). 

Vale salientar que a cesta
mais cara do país, continua sendo a de Porto Alegre (R$ 453,56) e a cesta mais
barata foi a de Rio Branco (R$ 332,06). A cesta básica caruaruense continuou
apresentando um valor menor que a de Recife: a diferença foi um pouco menor se
comparada às variações anteriores, passando de R$ 93,30 para R$ 94,48.