PRF realiza alerta a condutores no Dia do Motociclista; Confira

PRF realiza alerta a condutores no Dia do Motociclista; Confira

27 de julho de 2021 0 Por blogem

Uma blitz para chamar a atenção do risco no uso irregular de motocicletas foi realizada nesta terça-feira (27), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR 101, no bairro da Iputinga, na Zona Oeste do Recife. A iniciativa é realizada no Dia do Motociclista e tem como foco a segurança viária, a partir de ações educativas e de fiscalização para esse público.

A iniciativa integra a Operação Praevenire, que está sendo realizada no mês de julho, para coibir as principais condutas causadoras de acidentes em Pernambuco. Durante as abordagens, que contam com o apoio de uma empresa da área de motociclismo, são repassadas orientações de segurança, além de serem verificados se os veículos ou condutores possuem alguma irregularidade que possa colocar em risco o trânsito.

Um levantamento da PRF indica que 70 pessoas perderam a vida em acidentes envolvendo motocicletas nas rodovias federais de Pernambuco no primeiro semestre deste ano, o que representa cerca de 50% do total de vítimas mortas no estado, que foi de 141. No ano passado, os motociclistas representaram 44% do total de mortes nas vias federais.

A utilização de motocicletas sofreu algumas alterações com a Lei 14.071/20, que modificou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A primeira diz respeito à idade mínima para o transporte de crianças nesses veículos, que antes era de 7 anos e agora é de 10 anos de idade. As infrações por conduzir motos com farol apagado e sem a viseira ou óculos de proteção eram gravíssimas, além de prever a suspensão do direito de dirigir, mas com a nova norma passou a ser média, no valor de R$130,16 e 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Recomendações

Algumas recomendações são importantes na condução desses veículos, a exemplo da utilização da antena corta-pipa, um equipamento que previne ferimentos graves nos condutores em caso de contato com fios ou linhas de cerol. Apesar de só ser obrigatório para quem realiza o serviço de transporte de passageiros ou de carga, esse dispositivo deveria ser utilizado por todos os motociclistas.

Outro equipamento fundamental, mas que ainda não é utilizado por alguns motociclistas é o capacete, que deve ser bem ajustado à cabeça para evitar lesões em caso de acidente. Apenas no primeiro semestre deste ano, foram emitidas 906 autuações pela falta deste dispositivo, enquanto no ano passado foram emitidas 3.287 autuações pela mesma infração.

Além disso, é recomendada a utilização de jaquetas com refletivos e calçados bem afixados aos pés, para proteger os ocupantes do veículo em caso de quedas ou colisões.