Presos em domiciliar violam regras de monitoramento e são recapturados

Presos em domiciliar violam regras de monitoramento e são recapturados

25 de abril de 2020 0 Por blogem

A Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres) informa que equipes de policiais penais do Centro de Monitoramento Eletrônico de Reeducandos (Cemer) recapturaram, nesta sexta (24.04), quatro detentos, beneficiados judicialmente com prisão domiciliar, sob monitoramento eletrônico, em virtude da pandemia do novo coronavírus. Neste mês de abril são seis presos recapturados nas mesmas circunstâncias.

A recaptura dos quatro ocorreu nos bairros do Sancho, Casa Amarela, Coque e Ibura, após o Centro detectar as violações de perímetro em tempo real. Os detentos, todos da Penitenciária Agroindustrial São João (PAISJ), em Itamaracá, foram levados para a Penitenciária de Itaquitinga. A ação foi realizada em conjunto com a Superintendência de Segurança Penitenciária (SSPEN), Gerência de Inteligência e Segurança Orgânica (Giso) e Escola Penitenciária de Pernambuco (Eppe), ambas vinculadas à Executiva.

“Estamos cumprindo as decisões judiciais, mas não iremos permitir que violem as regras. Quem for pego fora do perímetro terá sua pena regredida e será reconduzido ao regime fechado, conforme prevê a lei” explica o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico. Desde o começo da epidemia em Pernambuco foram liberados 1.298 detentos do regime fechado e semiaberto para domiciliar que contempla idosos (acima de 60 anos), com comorbidades, pensão alimentícia e aqueles com previsão para migrar para o regime aberto até 31 de julho de 2020.

O preso deve permanecer em casa, independente da monitoração eletrônica, sob pena de indeferimento do benefício e regressão para o regime fechado. A Seres e a Polícia Militar seguirão monitorando os beneficiados com a medida e todos os que infringirem as regras serão punidos com a regressão de pena.