Palmeiras Imperiais são removidas e Diocese de Caruaru explica motivo em nota

8 de agosto de 2017 0 Por blogem
A
Diocese de Caruaru, vem por meio desta nota explicar que a remoção das
Palmeiras Imperiais, foi tomada após vários fatos terem acontecido em virtude
das palhas e cachos de sementes que caiam das mesmas.
Várias pessoas já foram atingidas e ficaram machucadas, carros já foram
danificados, os fios que passam ao lado do Palácio, já foram atingidos
provocando curto-circuito, bem como as estruturas do Palácio Episcopal, que
sofriam avarias  com as  consecutivas quedas da palhas e cachos de
sementes.
A Diocese de Caruaru, solicitou orientação a Secretaria de Urbanismo de
Caruaru, onde diante dos fatos relatados e depois de uma análise dos técnicos
da SEURB, foi constatado que o perigo era constante e que algo de mais grave
poderia acontecer.
A Diocese de Caruaru, comprometeu-se em plantar 45 mudas de plantas nativas,
para minimizar o impacto ambiental causado pela remoção das Palmeiras.

Assessoria
de Imprensa
Diocese de Caruaru