Plataforma Transforma Brasil chega à Caruaru

Plataforma Transforma Brasil chega à Caruaru

10 de novembro de 2019 1

Representantes de entidades, ONG’s, empresas, igrejas, organizações da sociedade civil, entre outros, se reuniram na noite da última quinta-feira (07) na sala de reunião do estacionamento térreo do Shopping Difusora, em Caruaru, para acompanhar a apresentação da plataforma digital “Transforma Brasil”, que chega a Caruaru na próxima semana. A ferramenta digital de grande destaque nacional, no que se refere a voluntariado, está presente em capitais e grandes cidades brasileiras e tem o objetivo de cruzar os dados de quem precisa de ajuda com quem quer ajudar. A Prefeitura de Caruaru entra como parceira do projeto no município.

O Transforma Brasil foi criado em São Paulo pelo empreendedor social pernambucano Fábio Silva em 2018 para desenvolver iniciativas sociais no Brasil. Em Caruaru, o projeto terá sede na Avenida José Rodrigues de Jesus, s/nº, no Bairro Indianópolis, onde funciona a sementeira do Parque Ambiental Municipal Severino Montenegro e será realizado o lançamento na próxima quarta-feira (13), às 09h. O evento contará com a presença da equipe de Caruaru, dos voluntários que se inscreveram presencialmente no encontro e do criador da plataforma, Fábio Silva. O link para se cadastrar estará disponível em breve, através do transformacaruaru.com.br.

Sobre Fábio Silva

É empreendedor social, formado em Administração de Empresas, com MBA em Gestão. Fundou em 2016 a primeira incubadora de projetos sociais do País – Porto Social, que beneficia 50 projetos sociais por ano e oferece capacitação para profissionalizar a gestão das organizações. Em 2014 foi capacitado pelo Departamento de Estado Americano, quando líderes sociais de vários países em desenvolvimento passaram 40 dias nos Estados Unidos conhecendo os programas da Agência Nacional de Voluntariado.

Fábio descobriu sua vocação para a carreira, que ainda não é reconhecida no Brasil, em 2010, ao criar a ONG Novo Jeito, especializada em mobilizações sociais. Em oito anos de atuação, a ONG já mobilizou mais de cem mil pessoas em ações voltadas para grandes emergências (incêndios e enchentes) e em prol de causas específicas (reformas de abrigos de idosos e hospitais, manifestações em prol do “amor”). Em 2017, foi recebido pelo Papa Francisco devido às iniciativas que criou no Brasil.