Santa Cruz empata com o CSA e retoma a ponta do Grupo A do Nordestão

Santa Cruz empata com o CSA e retoma a ponta do Grupo A do Nordestão

10 de março de 2019 Off

Santa Cruz não passou de um empate no Arruda contra o CSA, na tarde deste domingo. Apesar de não ter sido o placar ideal, o 1×1 – gols de Pipico para os mandantes e Manga Escobar para o time alagoano -, deixou os tricolores em situação confortável no Grupo A do Nordestão. A Cobra Coral lidera a chave, com nove pontos, e está bem próxima de garantir vaga na fase final.

O início do confronto deu a entender que o Tricolor teria domínio claro sobre o adversário. Logo aos dez minutos, o artilheiro Pipico ficou com uma sobra de bola e chegou muito perto de abrir o placar. João Carlos salvou a equipe rival. A partir daí, na etapa inicial, quem mandou foi o CSA. Aos 14 minutos, Anderson foi obrigado a fazer ótima defesa após cabeçada perigosa de Apodi.

Ainda que não pressionasse os donos da casa, era o CSA quem criava as melhores chances de gol. E aos 40 minutos as investidas adversárias tiveram efeito. Apodi levantou na área buscando Patrick Fabiano. A bola ficou com Manga Escobar. Anderson saiu para tentar abafar o chute, mas não teve jeito. Bola no fundo das redes e o Santa Cruz atrás do placar.  

Apesar de ter ido para o intervalo no prejuízo, a desvantagem coral durou pouco tempo. No começo da etapa final, Pipico sofreu falta perto da área. Embora não seja um especialista no quesito, o próprio Pipico bateu tirando da barreira e empatou, aos quatro minutos. No restante do confronto, os dois lados perderam boas chances, ainda que o resultado tenha sido satisfatório para ambos os times.

FICHA TÉCNICA:

Santa Cruz 1
Anderson; Cesinha, William, João Victor e Bruno Ré; Ítalo Henrique (Charles), Luiz Felipe e Allan Dias; Jô (Guilherme Queiroz), Elias (Augusto Potiguar) e Pipico. Técnico: Leston Júnior

CSA 1
João Carlos; Apodi, Gerson, Luciano Castán e Carlinhos (Celsinho); Dawhan, Matheus Sávio e Didira; Manga Escobar (Bruno Ramires), Robinho (Cassiano) e Patrick Fabiano. Técnico: Marcelo Cabo

Local: estádio do Arruda
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade (BA). 
Assistentes: Carlos Eduardo Bregalda Gussen (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA).
Gols: Manga Escobar, aos 40 minutos do 1ºT; Pipico, aos 4 minutos do 2ºT.
Cartões amarelos: Cesinha, Bruno Ré (Santa Cruz); Gerson, Matheus Sávio (CSA)
Público: 5.840 Renda: R$ 62.885,00  

Do Portal FolhaPE

Foto: Léo Malafaia/Folha de Pernambuco.