Náutico reassume liderança do Pernambucano e América/PE é rebaixado

Náutico reassume liderança do Pernambucano e América/PE é rebaixado

10 de março de 2019 Off

Com arquibancadas vazias no estádio Ademir Cunha, em Paulista, o Náutico venceu o América/PE por 1×0, na tarde deste domingo (10). O gol marcado por Suélinton, aos seis minutos do segundo tempo, deu a liderança provisória aos alvirrubros – que esperam o complemento da rodada para definir posição – e sacramentou o rebaixamento do time casa à Série A2 do Campeonato Pernambucano de 2020. O Náutico agora soma 18 pontos, em uma campanha de seis vitórias e duas derrotas. Já o América tem um único ponto, do empate em 0x0 com o Petrolina ainda na terceira rodada. 

Na próxima rodada, a última desta primeira fase do Estadual, no domingo (17), o Náutico encera um Clássico das Emoções contra o Santa Cruz, em casa, enquanto o rebaixado América visita o Flamengo de Arcoverde, que ainda tenta se livrar do rebaixamento.
No início do jogo, o América deu a falsa impressão de que se lançaria ao ataque em busca do único resultado que lhe interessava na esperança de evitar o rebaixamento. O ímpeto, no entanto, durou pouco, o que, teoricamente, daria margem para o Náutico crescer na partida. O Alvirrubro, no entanto, jogou o primeiro tempo da partida em ritmo de amistoso. Teve dificuldades para trocar passes, sobretudo pela ausência de uma referência no meio de campo para fazer uma ligação, o que fez o jogo ficar concentrado nas laterais. Ruim tecnicamente, o primeiro tempo teve poucas chances reais de gol. 

América foi quem chegou com perigo pela primeira vez, com Rômulo, que recebeu cruzamento e, livre, arrematou de fora da área, para boa defesa de Bruno. Depois, o time da casa quase saiu em vantagem quando Rafel Ribeiro cortou um lance e por muito pouco não marcou contra. O primeiro arremate do Náutico só saiu aos 18 minutos, com Danilo Pires arriscando de fora da área. A outra chance foi em uma cobrança de falta de Luiz Henrique, que tentou colocar a bola no ângulo, mas ela raspou o travessão e saiu. 

Com Fábio Matos no lugar de Jiménez, o Náutico voltou para o segundo tempo com mais iniciativa e abriu o placar logo aos seis minutos. Em cobrança de falta, Fábio Matos levantou a bola na pequena área e Suélinton marcou de cabeça. Buscando uma reposta imediata, o América desceu em velocidade com Alessandro, que invadiu a área alvirrubra, ficou cara a cara com Bruno, mas chutou para fora. Pouco depois, Cleberson cobrou falta e acertou a quina da meta alvirrubra. No rebote, Rômulo cabeceou para fora. 

Precisando do resultado, o América se lançou mais ao ataque, mas, apesar de ter criado boas jogadas, não teve sucesso nas finalizações. E o Náutico, embora tenha tido mais espaço no campo, também não conseguiu aproveitar os contra-ataques com eficiência. 

Ficha técnica

América/PE 0
Dida; Thyego (Gabriel), Walter Guimarães, Fernando e Marcus Paulo; Alessandro , Rômulo, Breno e Cleberson; Matheus Sacramento e Davi (Mikael). Técnico: Wilton Bezerra.

Náutico 1
Bruno; Hereda, Suéliton, Rafael Ribeiro e Josa; Jiménez (Fábio Matos), Luiz Henrique e Danilo Pires; Robinho, Thiago e Odilávio (Yuri). Técnico: Márcio Goiano

Local: Ademir Cunha (Paulista/PE)
Árbitro: Michelangelo Almeida
Assistentes: Clóvis Amaral e Marcelino Castro
Gol: Suélinton (aos 6’ do 2ºT) 
Cartões amarelos: Rafael Ribeiro e Danilo Pires (Náutico); Walter Guimarães e Mikael 

Do Portal FolhaPE

Foto: Léo Lemos/CNC